17 abril 2018

Vamos limpar nossos ambientes?

O colaborador da ONG Mães do Brasil, o expert em Psicodecoração, Rosario Notarrigo, gravou um vídeo ensinando como é possível limpar o ambiente de sua casa através da técnica do Feng Shui Ocidental. Através dessa ciência milenar, é possível  melhorar a energia do local proporcionando a quem o habita ou trabalha nele, mais saúde, produtividade e paz.

O médico italiano Rosario Notarrigo é um expert em Feng Shi Ocidental. Criado na Bélgica desde os dois anos de idade, Rosario abandou a Clínica Geral e a pediatria para harmonizar a vida das pessoas com a técnica da Psicodecoração. Desde a primeira vez que pisou no Brasil, em dezembro de
2016, ele perdeu as contas de quantas viagens fez da Bélgica ao Brasil e vice-versa. Já são mais de 1 milhão de milhas acumuladas! Por tanto amor a essa terra, Rosario resolveu fincar sua base no Rio de Janeiro, abandonando a medicina e se dedicando apenas a Psicodecoração.
Seu trabalho consiste em dar consultoria a quem deseja ter mais harmonia no ambiente de trabalho ou em sua própria casa. “O que me dá felicidade é agregar valor na vida das pessoas, seja melhorando a autoestima delas, melhorando o seu trabalho, o seu poder aquisitivo... Quando faço uma consultoria com as pessoas me dá satisfação em ver como elas ficam gratas e felizes. Elas vivenciam a transformação daquele lugar sem gastar nada, sem comprar coisas, só colocando os objetos nos lugares certos. É isso que faz que a energia flua, dando tranqüilidade e paz. Isso deixa as pessoas transformadas!”, diz Rosario.
Ao saber que a Mães do Brasil está construindo sua sede própria em Oswaldo Cruz, subúrbio do Rio, Notarrigo se ofereceu para harmonizar o futuro prédio da instituição. “Vocês vão precisar de um ambiente acolhedor para que as mães da ONG sintam-se amparadas e felizes”, explicou ele em seu
apartamento harmoniosamente decorado na praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. “Tudo aqui é arrumado de forma a atrair coisas boas!”.

11 abril 2018

Sede das Mães do Brasil recebe harmonia do Feng Shui

Sabia que é possível harmonizar sua vida através da combinação certa dos objetos que decoram o ambiente onde você vive e trabalha? Isso é possível através da Psicodecoração ou Feng Shui Ocidental. Através dessa ciência milenar, é possível  melhorar a energia do local proporcionando a quem o habita ou trabalha nele, mais saúde, produtividade e paz.

O médico italiano Rosario Notarrigo é um expert em Feng Shi Ocidental. Criado na Bélgica desde os dois anos de idade, Rosario abandou a Clínica Geral e a pediatria para harmonizar a vida das pessoas com a técnica da Psicodecoração. Desde a primeira vez que pisou no Brasil, em dezembro de 2016, ele perdeu as contas de quantas viagens fez da Bélgica ao Brasil e vice-versa. Já são mais de 1 milhão de milhas acumuladas! Por tanto amor a essa terra, Rosario resolveu fincar sua base no Rio de Janeiro, abandonando a medicina e se dedicando apenas a Psicodecoração.

Seu trabalho consiste em dar consultoria a quem deseja ter mais harmonia no ambiente de trabalho ou em sua própria casa. “O que me dá felicidade é agregar valor na vida das pessoas, seja melhorando a autoestima delas, melhorando o seu trabalho, o seu poder aquisitivo... Quando faço uma consultoria com as pessoas me dá satisfação em ver como elas ficam gratas e felizes. Elas vivenciam a transformação daquele lugar sem gastar nada, sem comprar coisas, só colocando os objetos nos lugares certos. É isso que faz que a energia flua, dando tranqüilidade e paz. Isso deixa as pessoas transformadas!”, diz Rosario.

Ao saber que a Mães do Brasil está construindo sua sede própria em Oswaldo Cruz, subúrbio do Rio, Notarrigo se ofereceu para harmonizar o futuro prédio da instituição. “Vocês vão precisar de um ambiente acolhedor para que as mães da ONG sintam-se amparadas e felizes”, explicou ele em seu apartamento harmoniosamente decorado na praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. “Tudo aqui é arrumado de forma a atrair coisas boas!”.

09 abril 2018

Mães do Brasil na posse do novo Secretário de Direitos Humanos

Hoje estivemos na posse do novo secretário municipal de assistência social e direitos humanos, João Mendes de Jesus no Palácio da Cidade, Botafogo, RJ. Momento de deferência a nossa Mãe do Brasil, a militante Jovita Belfort. #maesdobrasil #jovitabelfort #dkaaustria

18 março 2018

Desembargador Caetano Fonseca fala sobre apoio à Mães do Brasil

O desembargador Caetano Ernesto da Fonseca Costa, em sua gestão como Diretor da Escola de Magistratura do Rio de Janeiro abriu as portas da instituição para a equipe e integrantes da Mães do Brasil falassem aos magistrados sobre a militância pela pessoa desaparecida. A experiência foi tão positiva que o desembargador se tornou um parceiro da causa. Veja na entrevista concedida à presidente da ONG Wal Ferrão.

13 março 2018

Raquel Gonçalves entrevista juíza Adriana Mello


Na sexta-feira, 9, a Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) promoveu a palestra os "30 anos da Carta das Mulheres aos Constituintes", coordenada pela juíza e presidente do Fórum Permanente de Violência Doméstica, Familiar e de Gênero, Adriana Ramos de Mello.

A carta foi um conjunto de reivindicações que um grupo de militantes feministas enviou aos constituintes. Nela, elas levantaram questões relacionadas à saúde, combate a violência, família e direitos trabalhistas. No evento, elas contaram como foi sua luta e os avanços que obtiveram de 30 anos para cá.

Em entrevista a Raquel Gonçalves, integrante da Mães do Brasil, Dra. Adriana explicou a importância do documento para os dias de hoje.

"Esse evento resgata a luta das mulheres durante o período da Constituição. Elas levaram para os constituintes reivindicações como licença maternidade e paternidade, entre outras conquistas fundamentais nos dias de hoje. Foi fundamental que jovens e mulheres tomassem conhecimento da existência delas durante essa palestra", disse a juíza.

Assista a entrevista que a magistrada concedeu a Raquel Gonçalves.

09 março 2018

Mães do Brasil na Emerj



Hoje a presidente da Mães do Brasil, Wal Ferrão e a mãe Raquel Gonçalves estiveram na Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) assistindo ao debate os "30 anos da Carta das Mulheres aos Constituintes”, coordenado pela juíza e presidente do Fórum Permanente de Violência Doméstica, Familiar e de Gênero, Adriana Ramos de Mello.
A Carta foi um conjunto de reivindicações que um grupo de militantes feministas enviou aos constituintes, onde levantaram questões relacionadas à saúde, combate a violência, família e direitos trabalhistas. No evento, as feministas contaram como foi sua luta e os avanços que obtiveram nesses 30 anos.
O ex-diretor da EMERJ, o desembargador Caetano Ernesto da Fonseca Costa, abriu as portas da Escola da Magistratura para as Mães do Brasil e falou sobre essa parceria com a ONG #emerj #maesdobrasil #diainternacionaldamulher #dkaaustria #portalkids